Abilify buy Plavix buy Soma no prescription Zocor buy citalopram no prescription buy Sildenafil online Aciphex buy Amitriptyline no prescription Cialis Professional online PCM Pharmacy buy Xenical without prescription buy womens Cialis Diflucan no prescription

Blog

Conteúdo criativo e atualizado todo dia que te inspira

18.09.2017 • E-commerce Marketing Digital

Inbound Marketing: 6 estratégias para conquistar seus leads

As opções para quem quer adotar o Marketing da Permissão são várias, mas você não precisa de todas elas.

Para que seu negócio seja uma máquina de atrair e reter clientes satisfeitos, você precisa apenas dessas 6 táticas infalíveis:

1. Crie Buyers Personas

O público-alvo definido é parte fundamental do Inbound Marketing, pois quanto mais personalizada é sua estratégia, melhores serão os resultados.

Criar buyers personas, que são as personas que de fato comprariam sua solução, é uma maneira de guiar a sua criação de conteúdo e seu calendário editorial do ano.

Ao criar a persona você consegue enxergar com clareza seus problemas, desafios, dores e objeções que mais os afetam e publicar conteúdos que toquem diretamente nem cada um desses pontos, se propondo a solucionar essas questões.

Lembre-se que o Inbound Marketing tem como objetivo preencher o espaço entre o que o seu cliente ideal quer e o como ele pode obter essa solução.

Definir as pessoas com as quais você vai dialogar implica também em escolher sua postura e como você quer ser visto por elas.

Pense bastante nisso tudo antes de dar o pontapé inicial. É possível voltar atrás e começar ou alterar algumas estratégias no meio do processo, mas escolher um caminho a seguir de forma consciente te poupará muito mais tempo e esforço no futuro.

2. SEO

Ninguém investe em otimizações de SEO apenas para ganhar as primeiras posições dos principais mecanismos de busca, mas sim para que seus conteúdos sejam mais facilmente encontrados ao público para o qual foram produzidos.

E para isso, nada melhor do que o tráfego orgânico, pois esse segue a maior premissa do Inbound Marketing: você é procurado pelo cliente e não o contrário.

Entenda como os visitantes chegam até seu site, quais temas trazem mais visitas e quais palavras-chave com volumes de busca significativos você pode usar para atrair ainda mais pessoas.

Monte a sua estratégia de palavras-chave relacionadas a seu negócio e faça as devidas otimizações dentro do seu site ou blog, seja melhorar títulos, usar ALT TAG nas imagens ou fazer link building.

3. PPC (Pay Per Click)

Essa é a tática mais polêmica quando falamos do conceito do que é Inbound Marketing.

E você pode estar pensando: mas até agora você falou de atrair atenção ao invés de empurrar a mensagem goela abaixo da sua audiência?

Então, como usar anúncios PPC, como o Google Adwords pode ser considerada uma tática de Inbound Marketing? Afinal de contas você está “comprando” a atenção das pessoas.

Bom, se o usuário está procurando por uma palavra-chave no Google e entre os resultados encontra um anúncio relacionado ao termo pesquisado, ele não pode ser considerado Outbound, pois quem está indo atrás daquela informação é o usuário.

Ou seja, você não está interrompendo o fluxo natural de busca do cliente ao usar um anúncio dessa forma. O que não pode ser dito dos anúncios que invadem a tela do visitante, atrapalhando sua experiência.

A vantagem de pagar para aparecer em destaque no Google ao invés de depender 100% do tráfego orgânico está justamente no fato de você não conseguir controlar o ranking do Google, sendo o PPC uma ótima maneira de complementar seu SEO.

Nós usamos anúncios em lançamentos, por exemplo, pois nesses momentos precisamos fazer com que nossa mensagem chegue mais rapidamente ao público-alvo, o que não seria possível somente com SEO, já que um novo conteúdo leva um tempo até ganhar tração e ranquear na primeira página..

Resumindo: você nunca conseguirá comprar a atenção de ninguém. Isso é mérito de quem sabe conquistar o interesse, independentemente de usar meios pagos para isso ou não.

4. Redes Sociais

Qualquer mídia social, seja o Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e outras, será a plataforma ideal para compartilhar conteúdos com sua audiência e incentivar com que ela compartilhe com seus amigos.

Desde que bem utilizadas, como parte da estratégia de marketing digital, podem gerar bastante tráfego para seu blog.

E sim, os usuários de redes sociais estão interessados em consumir conteúdos de suas marcas preferidas, já que 54% deles afirma procurar páginas ou perfis de marcas com as quais se identificam.

Antes de começar a gerar conteúdo para essas mídias, pesquise sobre o comportamento do seu público, saiba o melhor horário para postar e também a frequência ideal com que fazer isso, para não se tornar escasso ou maçante.

A criação e publicação do conteúdo é apenas uma parte da estratégia de Inbound Marketing, pois o principal é fazer com que esse conteúdo de qualidade chegue até as pessoas.

Somente aqueles que querem ver seu conteúdo irão atrás de sua marca, mas se elas não tiverem esse alcance, isso nunca irá acontecer.

5. Landing Pages

Conteúdos premium, como eBooks e Webinários, necessitam de um tempo maior para sua produção e requerem mais pesquisas para serem produzidos.

Por ser um conteúdo diferenciado, você pode pedir os dados de contato dos seus visitantes, especialmente seu email, em troca desse material, conquistando assim mais leads que serão ativados em uma etapa posterior do funil de vendas.

Materiais premium precisam estar hospedados em Landing Pages. Ao enviar seu potencial lead para uma página exclusiva de captura, maiores são as chances de conversão.

Uma boa Landing Page precisa:

  • De poucos elementos para concentrar a atenção do visitante na call to action, que deve ser única, como “baixe seu ebook agora” ou “assine nossa lista de emails”.
  • Design funcional: o design de uma landing page deve ser simples e focado na conversão, porém você pode usar alguns elementos como vídeos, imagem e depoimentos para aumentar a sua taxa de conversão.
  • Testes A/B: faça algumas versões da sua landing page testando alguns designs e CTAs diferentes para avaliar o que funciona melhor para a sua audiência.

6. Email Marketing

O público que assina sua lista de emails é o mais engajado que você pode conseguir. Fato!

Com uma lista de emails você consegue estreitar o relacionamento com a audiência, seja através de campanhas exclusivas para quem assina sua newsletter ou até mesmo a melhor forma de vender seus produtos.

Cerca de 3.5 bilhões de pessoas possuem ao menos uma conta de email.

Além disso, as chances de uma pessoa que assinou sua lista comprar algum produto seu é muito maior, especialmente se você teve o cuidado de construir uma conexão com ela antes.

Prova disso é que quem recebe ofertas por email gasta, em média, 83% a mais em compras pela internet. Portanto, você precisa criar e administrar muito bem essa sua base de clientes e para isso recomendo que você use um bom software.

 

Fonte: viverdeblog.com

Salvador - BA
Rua Dr. José Peroba, 275 | Edf. Metrópolis Empresarial, sl 1204 CEP 41810-030

ver no mapa

+55 71 3012-7287

atendimento@hitmidia.com.br

Goiania - GO
Avenida A, Quadra 04, Lote 06, Sobrado 01, Vila Lucy CEP 74320-020

ver no mapa

+55 62 3096-6933

atendimento@hitmidia.com.br